Adoro-te

Tudo começou num jogo sem fim,
tu surgis-te a falar para mim,
logo ai algo começou,
logo ai em mim despertou,
este sentimento que ainda não sei explicar,
só sei que não o consigo largar!

Depois de muitas palavras ditas,
lá te consegui contar,
nem sei se foi por palavras bonitas,
o sentimento que em mim estavas a despertar,
sei que era difícil de perceber,
mas tudo era verdade o que estavas a ler!

Continuamos a falar, pela noite sem fim
e tu nem sabes aquilo que és para mim!
Vontade, desejo, querer,
nem palavras há para descrever,
Oh meu Deus, eu não estou louco,
apenas te adoro e não é pouco!

É para ti,sim,
e é por ti que sinto este desejo sem fim!
E é a ti, que eu adoro,
é a ti que eu digo GostiE.
Se uma lágrima te cai eu choro,
porque és tu um sonho meu,
e o meu desejo é um dia vir a ser teu!


1 comentários:

tao lindos tds os poemas. ja t tinha dito q tens jeito. beijo enorme e cm sabes "Adoro-te"

24 de jun de 2008 23:33:00  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

AdSense Ads